Jardim Vertical: melhores plantas, como fazer

Conheça os melhores tipos de plantas para um jardim vertical e renove o ambiente do seu lar com essa super tendência

By on 15 de junho de 2019


Um jardim vertical pode ser criado em qualquer superfície vertical, desde muros de prédios até pequenos espaços internos de uma casa.



Seus diferentes formatos e espécies de plantas encantam a população. No entanto, muitos desconhecem o processo de instalação e manutenção desses cantinhos verdes.

Pensando nisso, resolvemos listar alguns pontos importantes sobre as melhores plantas para esse tipo de jardim, como montar a estrutura e regar as plantas, além de outras dicas indispensáveis sobre infiltração.

Acompanhe e descubra os inúmeros benefícios de um jardim vertical para o seu lar.

O que é um Jardim Vertical?

Um jardim vertical consiste em uma intervenção paisagística em paredes através de diferentes tipos de vegetação.

Também conhecido como parede verde, é uma ótima opção para quem possui pouco espaço e não quer abrir mão das plantas dentro de casa.

como fazer jardim vertical

(Foto: Decorfacil)

A boa notícia é que ele pode ser feito em qualquer ambiente, não precisa ser necessariamente na área externa. Basta ter boas condições de luz e ar para a sobrevivência das plantas.

Após escolher o local, o próximo passo é pensar nas plantas gostaria de cultivar. É preferível optar por plantas que exigem os mesmos tipos de cuidados. Nesse caso, leve em consideração o tipo de irrigação.

jardim vertical passo a passo

(Foto: Ecotelhado)

jardim vertical de madeira

(Foto: Moveis M Ferrari)

jardim vertical barato

(Foto: Sewing Crochet and Crafts)

Além disso, não misture plantas de sol pleno com plantas de meia sombra. Entenda melhor a seguir.

Melhores plantas para jardim vertical

Em geral, a escolha do local onde o jardim vertical será instalado define completamente os tipos de plantas. Isso porque, existem espécies de sol pleno e meia-sombra, as que gostam de vento ou odeiam, entre outras particularidades.

jardim vertical na varanda

(Foto: Casa e Jardim – Globo)

Veja a diferença e conheça alguns exemplos de plantas de sol pleno e meia-sombra:

Plantas de Sol pleno

As plantas de Sol pleno, nada mais são, do que aquelas que necessitam do sol para ficarem exuberantes. Quanto mais sol houver, melhor para elas. Um exemplo bem específico, são os pomares.

As melhores plantas de sol pleno para um jardim vertical são o Aspargo, Lambari-roxo, Hera Inglesa, Flor de Coral, Flor Canhota, Russélia, Liríope, Tilândsia, Jiboia, Trapoeraba-roxa e Colar de Pérolas.

Plantas de meia-sombra

Ao contrário das plantas de pleno sol, essas são aquelas que necessitam de pouca luz, meia sombra, para que possam se desenvolverem.

Apenas três horas de sol por dia, ou receber luz indiretamente já é o suficiente. Um exemplo, é a Clívia.

As plantas de meia sombra que são mais utilizadas para um jardim vertical são a Véu-de-noiva, Dinheiro-em-penca, Samambaia, Renda-portuguesa, Antúrio, Bromélia, Vriésia, Ripsális, Falenópsis, Peperômia, Chifre-de-veado, Rabo de gato, Flor Batom, Singônio, Peperômia e Barba de serpente.

Tipos de estrutura para montar

Após ter decidido quais plantas cultivar, é necessário pensar na estrutura que será utilizada para montar o jardim vertical. Isso depende muito do gosto de cada pessoa e dos recursos financeiros, é claro.

jardim vertical interno

(Foto: Viva Decora)

Pensando em economia, a estrutura de um jardim vertical pode ser feita diretamente na parede, usando suportes de bambu, madeira, plástico ou pallets como auxílio.

(Foto: Dcore você)

Outras opções são os blocos pré-moldados, blocos de cerâmica, estrutura de plástico encontrada em lojas de jardinagem, além das treliças e vasos para jardins.

Como fazer um jardim vertical passo a passo

Para essa proposta de jardim vertical, você irá precisar dos seguintes materiais:

  • 1 galão de tinta asfáltica;
  • 1 galão de esmalte sintético Preto Brilhante;
  • 8 buchas;
  • 8 parafusos gancho;
  • 1 tela de aço reforçada de 15x15cm;
  • 10 abraçadeiras plásticas;
  • 1 lata de tinta spray Preto Brilhante;
  • 1 rolo de arame;
  • Plantas pendentes em cuia 21 preta;
  • Furadeira;

Primeiramente, você deve preparar a parede onde você irá fazer o seu projeto. Pois, após seu jardim estar pronto, ele precisará ser regado constantemente. Para isso, recomenda-se usar um galão de tinta asfáltica para impermeabilizar a parede.

Espere a parede secar totalmente para continuar. Pinte também a malha pop com o esmalte sintético preto brilhante.

Depois disso será necessário que você faça as medidas da parede e decida onde irá fazer os furos para prender os suportes.

Faça oito furos e certifique-se de que os vasos ficarão firmes. Coloque as buchas e os parafusos ganchos.

Finalize prendendo os ganchos com abraçadeiras plásticas, corte o excesso e use tinta spray para pintar e deixar toda a estrutura preta e imperceptível.

Para que os vasos fiquem presos na tela de aço, corte, dobre e pinte de preto os pedaços de mais ou menos 15 centímetros de arame. Encaixe dois pedacinhos de arame em cada vaso, nos furinhos que já vêm nele.

Depois de colocar os arames em todos os vasos, comece a posicioná-los na malha pop.

Deixe 15 centímetros de espaço entre um vaso e outro na primeira fileira. Na segunda, encaixe os vasos na direção do espaço da fileira anterior.

Siga essa sequência até finalizar toda a tela, dispondo as plantas de acordo com o seu gosto pessoal.

Para que você possa montar uma lindo jardim vertical, selecionamos algumas dicas de como fazer. Veja!

Com todas essas dicas, fazer um jardim vertical ficou muito mais fácil. Faça já o seu! Plantas deixam o ambiente mais bonito e agradável.

Avalie esta matéria!



Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

!-- Taboola Lateral-->